Só porque um produtor tem o selo orgânico não quer dizer necessariamente que as práticas dele fazem bem para o meio ambiente. Um produtor orgânico pode muito bem ser um latifundiário irresponsável. Ele não utiliza pesticidas, mas empobrece o solo com monoculturas da mesma forma que a agricultura convencional.
Temos que ficar atentos a esses modismos, e de como pessoas mal intencionadas podem se apropriar deles para se beneficiar. É sempre importante CONHECER o agricultor responsável pelo cultivo do seu alimento, e saber se além de orgânico, o produtor é também alguém responsável e preocupado com a saúde do solo, da água, dos animais que vivem no seu entorno, e das pessoas que compõem aquela cadeia produtiva.
Quer conhecer agricultores que além de produzir alimentos sem veneno ainda ajudam a natureza a se recompor? Pesquise sobre a Rede de Agroecologia.

Escreva sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *